domingo, 31 de julho de 2011

Uma imagem vale mais que mil palavras



Tão simples e tão difícil de acontecer não é mesmo? 
Porque não atitudes mais coerentes? 
Ser amigo da Natureza selecionando alimentos, produtos de limpeza, cosméticos, consumo de água e luz, cobrar Empresas que desrespeitam, pequenos gestos sim, mas diários, eficientes. 

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Anis Estrelado - Especiaria traz saúde e muito sabor à sua cozinha

Coletivo Verde em 25 de julho de 2011 | Nas Categorias: Alimentação Saudável | Por: Nadia Cozzi





Sábado fui fazer uma visita ao Mercadão Municipal, sua beleza arquitetônica somada a seus sabores e aromas especiais, atiçam nossos 5 sentidos, despertam nossas lembranças. Em meio às delícias das azeitonas temperadas, dos queijos diferenciados me encantei com a gama de temperos que eu sempre quis conhecer melhor.
Fiz uma festa, coloquei minha coleção de temperos em dia, orégano, salsinha, canela, cravo da Índia, açafrão, pimenta, mostarda e manjericão. Levei até algumas canelas em pau bem grandonas para colocar nos vasos de flores em casa.
Vocês sabiam que a canela além de aromatizar comidas e doces, aproxima as pessoas? Assistam o filme “O Tempero da Vida”. Além das lindas paisagens da Turquia e da Grécia, se aprende muito sobre a função das especiarias em nossas Vidas. É a história de um astrofísico que aprendeu com seu avô, um filósofo culinário, dono de um empório de ervas e temperos, que tanto a comida quanto a vida precisam de um pouco de sal para ganhar sabor. Ele ensina que a canela aproxima as pessoas, faz com elas se olhem nos olhos.

Anis-estrelado

Essa sabedoria transparece também naquelas pessoas que trabalham há décadas lá no Mercadão, sempre com uma história para contar, um novo sabor para experimentar e um aroma para nos inspirar. Foi o que aconteceu com o perfume encantador do Anis estrelado, que além de ser lindo em sua forma de estrela, guarda em cada ponta uma sementinha. Seu cheirinho me lembrou os drops de anis que eram moda na minha meninice.





Intrigada pensei, o que se faz anis estrelado? Para que serve? Qual sua propriedade? Descobri então que além de aromatizar bebidas e deixar o açúcar perfumado, ele tem propriedades interessantes.
“Estrela-de-anis ou anis-estrela (Illicium verum) é uma planta originária da China. Considerado uma especiaria, é conhecido também por suas propriedades antissépticas, antiinflamatórias, calmantes, digestivas e diuréticas. Na culinária, a Estrela de Anis é utilizada para produzir óleos essenciais e aromatizar bebidas alcoólicas. É a partir desta planta que se produz o principal fármaco para tratamento da Gripe A, o Oseltamivir (nome comercial: Tamiflu).” (Fonte: Wikipedia)


Veja as receitas ....

Máscaras Hidratantes

Os alimentos orgânicos, sem agrotóxicos, também podem ser usados para tratar da nossa pele, bem mais baratos e naturais. 
Máscara hidratante para pele seca :
Ingredientes:
- 1 banana nanica
- 1 colher de chá de leite
- 1 colher de chá de mel
- 1 colher de chá de farinha de aveia
Modo de preparo: Amasse a banana com um garfo. Em seguida, adicione o mel, o leite e a farinha.
Modo de aplicação: Limpe a pele e espalhe o creme por todo o rosto. Deixe agir por 30 minutos. Após isso, lave o rosto com água fria e em seguida, aplique um creme nutritivo ou regenerador. Repita o processo 3 vezes por semana.
Validade: 3 dias guardado em geladeira.

Máscara hidratante para pele oleosa :
Ingredientes:
- 1 colher de sopa de gelatina incolor
- 1 xícara de chá de água filtrada
- 1 xícara de chá de suco de abacaxi
- 2 colheres de sopa de amido de milho não transgênico.
Modo de preparo: Dissolva a gelatina em água fervente. Retire do fogo e adicione o suco de abacaxi. Deixe esfriar e acrescente o amido de milho, mexendo bem.
Modo de aplicação: Limpe a pele e aplique a máscara. Após 30 minutos retire com água fria. Após este processo, aplique um gel para pele oleosa. Repita o processo 3 vezes por semana.
 Validade: 3 dias guardado em geladeira.



Quer saber mais receitas de como utilizar alimentos para cuidar da pele e dos cabelos? 

O Livro Bio Cosmética - A Beleza mora na Cozinha tem uma porção. 

Alimentos Orgânicos, saiba mais:
Orgânicos Certificados
+ Orgânicos Certificados
Orgânicos Amazonas
Orgânicos Bahia
Orgânicos Ceará
Orgânicos Distrito Federal
Orgânicos Espírito Santo
Orgânicos Minas Gerais
Orgânicos Mato Grosso do Sul
Orgânicos Rio de Janeiro
Orgânicos Rio Grande do Sul
Orgânicos São Paulo

sábado, 23 de julho de 2011

MATANDO UM LEÃO POR DIA. Em vez de matar um leão por dia, aprenda a amar o seu.

 Outro dia, tive o privilégio de fazer algo que adoro: fui almoçar com um amigo, hoje chegando perto de seus 70 anos.

Gosto disso.
São raras as chances que temos de escutar suas histórias e absorver um pouco de sabedoria das pessoas que já passaram por grandes experiências nesta vida..
Depois de um almoço longo, no qual falamos bem pouco de negócios mas muito sobre a vida, ele me perguntou sobre meus negócios.
Contei um pouco do que estava fazendo e, meio sem querer, disse a ele:
-"Pois é. Empresário, hoje, tem de matar um leão por dia".
Sua resposta, rápida e afiada, foi:
-"Não mate seu leão. Você deveria mesmo era cuidar dele".
Fiquei surpreso com a resposta e ele provavelmente deve ter notado minha surpresa, pois me disse:
- "Deixe-me lhe contar uma história que quero compartilhar com você".
Segue, mais ou menos, o que consegui lembrar da conversa:

"Existe um ditado popular antigo que diz que temos de "matar um leão por dia".
E por muitos anos, eu acreditei nisso, e acordava todos os dias querendo encontrar o tal leão.
A vida foi passando e muitas vezes me vi repetindo essa frase.
Quando cheguei aos 50 anos, meus negócios já tinham crescido e precisava trabalhar um pouco menos, mas sempre me lembrava do tal leão, afinal, quem não se preocupa quando tem de matar um deles por dia?
Pois bem. Cheguei aos meus 60 e decidi que era hora de meus filhos começarem a tocar a firma.
Mas qual não foi minha surpresa ao ver que nenhum dos três estava preparado!
A cada desafio que enfrentavam, parecia que iam desmoronar emocionalmente.
Para minha tristeza, tive de voltar à frente dos negócios, até conseguir contratar alguém, que hoje é nosso diretor-geral.
Este "fracasso" me fez pensar muito.
O que fiz de errado no meu plano de sucessão?
Hoje, do alto dos meus quase 70 anos, eu tenho uma suspeita: a culpa foi do leão”.

Novamente, eu fiz cara de surpreso.
O que o leão tinha a ver com a história?
Ele, olhando para o horizonte, como que tentando buscar um passado distante, me disse:

- "É. Pode ser que a culpa não seja cem por cento do leão, mas fica mais fácil justificar dessa forma.
Porque, desde quando meus filhos eram pequenos, dei tudo para eles.
Uma educação excelente, oportunidade de morar no exterior, estágio em empresas de amigos.
Mas, ao dar tudo a eles, esqueci de dar um leão para cada, que era o mais importante.
Meu jovem, aprendi que somos o resultado de nossos desafios.
Com grandes desafios, nos tornamos grandes.
Com pequenos desafios, nos tornamos pequenos...
Aprendi que, quanto mais bravo o leão, mais gratos temos de ser.
Por isso, aprendi a não só respeitar o leão, mas a admirá-lo e a gostar dele.
Que a metáfora é importante, mas errônea: não devemos matar um leão por dia, mas sim cuidar do nosso.
Porque o dia em que o leão, em nossas vidas morre, começamos a morrer junto com ele.”
Depois daquele dia, decidi aprender a amar o meu leão.
E o que eram desafios se tornaram oportunidades para crescer, ser mais forte, e "me virar" nesta selva em que vivemos.


             A capacidade de luta que há em você,
            precisa de adversidades para revelar-se.
(Pierre Schurmann)

Curso de Coleta de Sangue e Venopunção


“A melhoria da qualidade na prestação de serviços de saúde tem sido uma busca constante e cada vez mais crescente no país.
A qualidade dos resultados dos exames laboratoriais está intimamente relacionada à fase pré-analítica e, principalmente,
às condições de coleta de sangue.
Todos os laboratórios, hospitais e demais instituições de saúde, almejam atender melhor e encantar o cliente.
E a difusão do conhecimento é a premissa básica para se alcançar a excelência nos cuidados prestados.”

CURSO DE COLETA DE SANGUE E VENOPUNÇÃO

Curso oferecido pela Cruz Vermelha Brasileira, que abre oportunidade aos profissionais da Área da Saúde que pretendem atuar com coleta de amostras de sangue ou adquirir conhecimentos para a prática da venopunção.  O curso apresenta também as inovações tecnológicas para a execução da prática da venopunção.
Este curso é um diferencial no currículo dos profissionais da Saúde!

Dias 25 e 26 de julho, segunda e terça feira, das 19h00 às 22h30

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1. Revisão de fisiologia sanguínea e hematopoiese;
2. Principais exames de análise sanguínea (tipos, objetivos, métodos);
3. Materiais utilizados na coleta de amostra sanguínea;
4. Métodos de venopunção para coleta de amostra sanguínea;
5. Armazenamento e transporte de amostras de sangue;
6. Biossegurança nas ações de venopunção;
7. Demonstração de venopunção para coleta de sangue.

MATERIAL FORNECIDO
Apostila de apoio, materiais para observação de prática e Certificado

VALOR
R$ 100,00.

PROFESSOR
Fábio Alessandro Justino de Souza - Graduado em Enfermagem pela Universidade de Marília. Máster Business Administration – Gestão em Saúde e Controle de Infecção, pelo Instituto Nacional de Ensino Superior e Pesquisa – INESP/SP.
Docente do Ensino Médio, Técnico e Superior na Área da Saúde na Faculdade de Pinhais – FAPI/PR.
Professor dos cursos de Enfermagem da Cruz Vermelha Brasileira – Filial Estado de São Paulo
Enfermeiro do Núcleo de Desenvolvimento Profissional do Hospital Nossa Senhora de Lourdes – São Paulo
Membro do Núcleo Docente Estruturante – NDE- e da Comissão Própria de Avaliação – CPA – da Faculdade Nossa Senhora de Lourdes – São Paulo

MAIORES INFORMAÇÕES

CENTRO FORMADOR DA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA – FILIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

Telefone: (11) 5056-8685
E-mail: atendimento@cvbsp.org.br

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Cursos de Férias da Cruz Vermelha

A força dos alimentos orgânicos – Faça o teste em sua casa!

Coletivo Verde - 18 de julho de 2011 | Nas Categorias: Alimentação Saudável | Por: Nadia Cozzi





Sabe aquelas semanas que a gente não tem tempo nem para respirar? Pois é, a minha foi assim, tão corrida que não havia tempo nem para fazer uma coisa que eu gosto muito e me distrai e relaxa: cozinhar! Saia de manhã, passava o dia todo atarefada e quando chegava à noite era um lanche ou no máximo uma sopinha para afastar o frio.
Foi assim que minhas queridas verdurinhas ficaram lá esquecidas, em especial um pezinho de alface lisa que não teve espaço. Nossa até pensava nele, mas não tinha tempo ou não estava com vontade de fazer uma daquelas “saladonas” que eu adoro.Bem, mas no sábado resolvi encarar o coitadinho, devia estar todo estragado, que judiação, afinal estava guardado há mais de uma semana!
Qual não foi a minha surpresa quando abri a gaveta da geladeira e lá estava ele, lindo, verde, crocante, como se eu tivesse acabado de comprá-lo. Agradeci muito à Mãe Natureza por aquele presente. Como um alimento quando é produzido com respeito à Terra, preservando e cuidando, devolve em qualidade!
Fiz a maior festa para o meu pezinho de alface, mostrei para todo mundo, divulguei a qualidade dos Alimentos Orgânicos e ainda zombei daqueles que não acreditam muito neles: Será que eles são mesmo mais caros? Vocês já experimentaram deixar uma alface convencional uma semana na geladeira? Fica que é só um caldinho escuro e mal cheiroso! Olha esse aqui que lindinho! Até fotografei para vocês aqui do Blog. Depois é claro montei uma salada bem gostosa e lá vai a receita:









Alface dos Deuses

Ingredientes:
  • ½ alface lisa orgânica
  • ½ alface crespa orgânica
  • ½ alface americana
  • 1 maçã orgânica picada em cubinhos
  • Uvas passas e castanhas a gosto
  • 6 fatias de pão de forma caseiro s/casca
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 xícara (chá) de creme de leite fresco
  • 2 colheres (sopa) de maionese (prefira a caseira)
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado na hora
  • ½ xícara (chá) de azeite extra virgem
  • 1 dente de alho
  • Suco de 01 limão ORGÂNICO para o molho
Modo de Preparar:
Lave as alfaces em água corrente. Deixe de molho numa tigela com água filtrada e um pouco de vinagre de maçã por 20 minutos.
Corte o pão em quadrados bem pequenos, mas iguais. Coloque 2 colheres de sopa de manteiga numa frigideira e leve ao fogo para derreter. Adicione os cubinhos de pão. Deixe dourar, mexendo de vez em quando para não queimar. Retire do fogo, passe para um prato e reserve. Se gostar salpique orégano.
Coloque com todos os ingredientes no liquidificador, menos os cubinhos de pão, as alfaces, a maçã, as passas e as castanhas. Bata por 2 minutos, até ficar um creme. Seque as folhas com papel toalha e rasgue-as em pedaços médios. Arrume numa saladeira, coloque a maçã, as passas, as castanhas e regue com molho e salpique os cubos de pão.
A maionese que eu fiz foi uma receitinha bem fácil.

Maionese Falsa

  • 1 xícara (chá) de batatas orgânicas cozidas e picadas
  • 1 xícara (chá) de cenouras orgânicas cozidas e picadas
  • 2 colheres (sopa) de leite fresco
  • 1 cebola ORGÂNICA picada
  • Sal marinho e pimenta a gosto
Modo de Preparar:
Bata tudo no liquidificador e vá pondo o azeite extra virgem ou óleo de girassol até chegar ao ponto de maionese.
Dica preciosa: O óleo de girassol é saudável e não é transgênico. Cuidado com o de soja, canola ou milho.

Teste a força dos alimentos orgânicos em sua casa!

Tem uma experiência que sempre faço em meus cursos sobre Culinária Orgânica para que meus alunos possam comparar as diferenças entre os Orgânicos e os Convencionais cheios de Agrotóxicos.
Pegue 06 potinhos de vidro iguais, secos e limpos. Pode ser de palmito ou um pouco menor, mas tem que ser iguais. No 1º coloque ½ tomate orgânico, no 2º ½ convencional, no 3º uma folha de alface orgânica, no 4º uma folha de alface convencional, no 5º um pedaço de cenoura Orgânica, e finalmente no 6º um pedaço de cenoura convencional. Feche e coloque etiquetas em cada um identificando a data e se é orgânico ou convencional.
Deixe em um lugar onde você possa observar as mudanças que vão acontecendo dia após dia. Os orgânicos normalmente duram mais, mantém as fibras e se tiverem coragem de cheirar, vão sentir o cheiro de agrotóxico dos convencionais. Da última vez que fiz esta experiência a cenoura orgânica brotou dentro do vidro, enquanto que a Convencional apodreceu, virou um monstrinho. Vale a pena fazer esta experiência principalmente quando se tem pessoas incrédulas em casa que ainda acreditam que Orgânico é coisa da Moda.
Foto: Ayla87 / Acervo
Related Posts with Thumbnails

Alimentos Orgânicos, saiba mais:
Orgânicos Certificados
+ Orgânicos Certificados
Orgânicos Amazonas
Orgânicos Bahia
Orgânicos Ceará
Orgânicos Distrito Federal
Orgânicos Espírito Santo
Orgânicos Minas Gerais
Orgânicos Mato Grosso do Sul
Orgânicos Rio de Janeiro
Orgânicos Rio Grande do Sul
Orgânicos São Paulo

Aprenda a cultivar ervas aromáticas em vasos


Inscrições abertas



Escola Municipal de Jardinagem – Parque Ibirapuera
ATENÇÃO: só serão aceitas inscrições através do e-mail oficinasjardim@prefeitura.sp.gov.br
Objetivo: técnicas de cultivo, manutenção e montagem de vasos das ervas aromáticas. Estas podem ser utilizadas de diversas formas: tempero para comida; decoração e aromatização de casas e jardins; artesanato; tratamento de doenças e etc.
Facilitadoras: Juliana Meira e Thamyres Soares de S. Costa (Graduandas em Gestão Ambiental/UMAPAZ-1).
Público focalizado: Todos os interessados.
Dia e horário: 19 de julho, terça-feira, das 14h às 17h, campo 01.
Local: Campo Experimental da Escola Municipal de Jardinagem.
Endereço: Parque Ibirapuera – Av Pedro Álvares Cabral, s/n. Acesso pelos portões 3 e 4.
Inscriçõessó serão aceitas inscrições através do e-mail oficinasjardim@prefeitura.sp.gov.br



Gostou do assunto e quer saber mais: 

Fique mais um pouquinho e aproveite:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tem mais gente ....