quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

J.C.Serroni mostra seu espaço Cenográfico onde ele ministra cursos gratuitos


 


A cenografia era um assunto muito pouco explorado no Brasil, quando J.C. Serroni entrou para a faculdade de arquitetura. 

Mas o cenógrafo, arquiteto e artista plástico se especializou no assunto, trabalhou com TV, dirigiu mais de 150 espetáculos e chegou a ganhar 2 vezes o prêmio máximo de cenografia mundial, a Triga de Ouro, da Quadrienal de Praga.
Fabrício Pietro foi bater um papo com esse artista e mostrar um pouco do Espaço Cenográfico, onde ele ministra cursos gratuitos para profissionais da área. Espaço Mix.

Dia 02 de Março – Economia Solidária na Assembléia Legislativa. Mobilize-se!!



A Rede de Saúde Mental e Economia Solidária e a Cooperativa Social 18 de Maio estarão presentes mobilizando os empreendimentos e os projetos de trabalho e renda que promovem a Inclusão Social pela Arte, Cultura e Trabalho. Ajude na mobilização e todos e todas na Assembléia Legislativa no dia 2 de março de 2012 das 9h as 13h para o Ato/Debate de Economia Solidária – DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA ECONOMIA SOLIDÁRIA em SP!!!
Na mesa de movimentos sociais a Saúde estará representada pelo Conselheiro Nacional de Saúde, Pedro Tourinho.

Decoração para pequenos ambientes

Muito bom este Blog que fala sobre decoração: AM CURSOS ONLINE


Espaços pequenos não precisam ser temidos na hora da decoração. Com alguns truques simples, é possível fazer seus poucos metros quadrados parecerem maiores.


O jardim é uma Horta e a Horta é o seu Jardim.

Hamilton Trajano é um amigo muito querido e competente. Bora lá aprender a fezer o seu jardim? Ou Horta? Ou ambos?

Cinemark abre mais de cinquenta vagas para diversas áreas


Maior rede de cinemas do Brasil, assessorada pela Trabalhando Consulting, oferece mais de cinquenta vagas para várias regiões do país.
A Trabalhando Consulting, consultoria de Recursos Humanos da Trabalhando.com, está assessorando o Cinemark, maior rede de cinemas especializada em complexos multiplex do Brasil, em um processo seletivo para 54 oportunidades em diversas áreas. As vagas são para as regiões de São Paulo, Goiânia, Campinas, Barueri, Santo André, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Cotia.
Para concorrerem às oportunidades, todos os interessados precisam ter experiência em atendimento ao público, gerenciamento de equipes e conhecimento em informática. Os salários vão de R$1400,00 a R$3000,00, a formação exigida varia de segundo grau a superior completo e os horários são diferentes para cada vaga. Alguns cargos exigem que o profissional possua veículo próprio.
A empresa oferece vale transporte, vale refeição ou vale alimentação (no valor de R$17,00), cinema gratuito na filial em que o colaborador trabalha e uma folga semanal.
Para participar dos processos seletivos, os interessados devem acessar os links:

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Intolerância à lactose atinge até 70% dos adultos brasileiros


Programa Bem Estar TV Globo -
28/02/2012 10h33 - Atualizado em 28/02/2012 15h31

Doença ocorre por deficiência ou ausência de enzima que quebra o leite.
Problema pode ser congênito ou surgir com o processo de envelhecimento.


Um simples copo de leite ou um pedaço de queijo pode fazer mal para quem tem intolerância à lactose. A pessoa sente náusea, gases, inchaço, diarreia e assadura na região anal.
Saiba mais

Para pensar!

Concurso premiará Vídeos com soluções sustentáveis


A TV Escola recebe até 30 de março as inscrições para o concurso Ecovídeo das Escolas. Podem participar estudantes de todo o Brasil, que devem enviar suas produções de até dois minutos de duração na qual responderão: qual o seu papel na criação de um mundo sustentável?
Os alunos devem focar suas produções na realidade local e propor soluções sustentáveis para os problemas socioambientais de suas comunidades. Os grupos podem ter até quatro integrantes, sendo um, obrigatoriamente, o professor responsável pelo projeto. Todos os vídeos inscritos serão divulgados no blog da 4ª Semana do Meio Ambiente da TV Escola.
A quarta edição da semana de Meio Ambiente da canal educativo vai ao ar de 4 a 8 de junho. O tema principal da programação será a conferência Rio + 20. Para concorrer, os grupos devem postar o vídeo no Youtube e enviar o link para tvescola@mec.gov.br. Deverão ser informados o título e a descrição do projeto, o nome e o e-mail do responsável, o telefone e o endereço da escola.
O vídeo mais acessado no blog da Semana de Meio Ambiente será premiado com a visita de uma equipe da TV Escola que fará uma reportagem especial para a semana. Em outra seleção do mesmo concurso, um júri especializado vai eleger o melhor projeto, que ganhará uma viagem ao Rio de Janeiro para a gravação de um programa especial na TV Escola.

"O lixo jogado no mar um dia volta. Pra todo mundo." - Mesmo quem nunca jogou lixo na praia, um dia poderá sofrer com as suas consequências.




A Script criou uma ação para a Surfrider Foundation Brasil, chamada "Devolução". A ação tem como objetivo conscientizar e alertar as pessoas sobre as consequências do lixo deixado nas praias cariocas.
A partir de um mailling de surfshops e ONGs conveniadas, foram enviadas para a casa das pessoas, via correio, 10.000 caixas contendo objetos despejados nas areias.
Além de copos plásticos, papéis de picolé, latinhas e garrafas d´água, cada caixa também continha uma etiqueta com a seguinte mensagem:
"O lixo jogado no mar um dia volta. Pra todo mundo." - deixando evidente que mesmo quem nunca jogou lixo na praia, um dia poderá sofrer com as suas consequências.
A ação também foi realizada em bares da cidade do Rio de Janeiro.

Ficha Técnica:

Agência: Script
Diretor de Criação: Ricardo Real e Marcello Mendes
Redator: Felipe Machado
Diretores de Arte: João Paulo Medeiros e Thiago Manhães
Produtora: TCO Filmes
Produção Executiva: JP Braga
Direção: JP Braga
Direção de Fotografia: Nando Azevedo & Fernando Fernandez
Edição: JP Braga
Color Grading: Nando Azevedo
Trilha Sonora: Buena Música (Daniel Medeiros, Leo Cruz, Marcelo Frota)

Categoria:

Tags:

Licença:

Licença padrão do YouTube

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Ah Estão voltando as Flores e renascendo amigos!


De repente começaram a aparecer do nada. Pensando bem, talvez fosse um desejo escondido no coração.  Benditas redes sociais, falamos por telefone, por email, uma avisando a outra. E “pimba”… Estava marcado o nosso encontro, 30 anos depois.
Dá um friozinho na barriga, será que se lembrariam de mim? E eu reconheceria todas? No caminho comecei a pensar no jeitinho de cada uma e me dei conta do quanto foram importantes para a minha formação pessoal e profissional.
Engraçado…  eu estava vivendo um momento de reencontros. Na semana anterior foram os primos que se espalharam pela vida e por causa dela mesma se reencontraram. Lembranças, novidades, gozações, comidinhas. Um dia de muito amor e emoção.
No domingo seguinte, lá estava eu indo ao encontro daquele meu passado acadêmico. Éramos muito unidas, fazíamos parte do mesmo grupo na Faculdade. Quantos trabalhos, alegrias, movimentos, conselhos, isso tudo do alto dos nossos 20 anos de experiência!
A amizade é tema de vários textos, frases, citações etc. Mas não há palavras que descrevam a alegria de um reencontro, é impossível narrar a aflição do antes, a sensação de ter entrado numa máquina do tempo e reviver tudo de novo e principalmente, a plenitude do depois. E o gostinho de quero mais que teima em persistir?
Nunca fui uma pessoa saudosista, mas a memória faz renascer sentimentos, cores, cheiros, gestos e palavras. A folia do reencontro, toda a atenção ao ouvir as histórias da vida de cada uma, como diria aquela propaganda de cartão de crédito “Não tem preço”.
Foi bom rever todas. Umas casadas, outras não. Umas com filhos, algumas seguiram na carreira, outras procuraram novos caminhos. Mas a essência ficou. Nossos objetivos de vida levaram em conta o próximo, o fazer diferença na vida de alguém.
Melhor ainda é ver se juntar a nós outros personagens importantes dessa época. Um próximo encontro está marcado e muitos outros virão. Os elos uniram-se novamente, mais fortes que nunca. Viva a amizade, viva a alegria.
Eu se fosse você tomava coragem e juntava de novo as pessoas que escreveram sua vida. Eu recomendo!
Fonte: Blog Instituto Pedro Cozzi Espaço DAR VIDA
Escrito por Nadia Cozzi – Voluntária Online - nacozzi@hotmail.com

Aleitamento Materno Solidário


Aleitamento Materno Solidário




É assim que elas se intitulam “Mães apaixonadas pelos filhos e que compactuam de um mesmo ideal: a prática da amamentação prolongada”.
O Objetivo dessa comunidade “Aleitamento Materno Solidário” é criar uma rede brasileira de mães potencialmente doadoras e também de bebês que venham a necessitar da doação do leite materno por algum motivo.
Há pouco tempo o Brasil se tornou uma potência em termos de aleitamento materno, apesar disso, nossos índices ainda estão bem longe dos objetivos propostos pela Organização Mundial de Saúde, pois apesar de sermos o país que mais abriga Bancos de Leite Humano, também temos o desmame precoce em altos níveis.
O mais assombroso é que as causas que levam a mãe brasileira a desmamar podem ser resolvidas com orientação e acompanhamento profissional desde a gestação. Na comunidade a mãe que recebe apoio, orientação, informação é chamada pela Comunidade de “mãe empoderada”, que vai chegar à maternidade sabendo, no mínimo, a teoria da amamentação.
empoderada é capaz de identificar um problema, sabe como solucioná-lo e sabe onde buscar ajuda imediatamente, sem desmamar ao sinal da primeira dificuldade.
O grupo Aleitamento Materno Solidário utiliza a icternet como ferramenta poderosa para divulgação de seus trabalhos, favorecendo assim, a divulgação de campanhas, o levantamento de necessidades de treinamento e até identifica riscos e agiliza o compartilhamento de dados entre pessoas de diferentes cidades, estados e países. No Facebook a comunidade virtual é administrada pela fundadora, e pedagoga, Simone de Carvalho e pela enfermeira consultora em amamentação Grasielly Mariano, as quais disponibilizam ajuda em tempo real e contam com o importante auxílio de todos os seus membros. A ajuda é de mãe para mãe, de profissional para mãe e até de mãe para profissional! É um espaço para educar e aprender, uns com os outros.
Além de ajudar mães com dificuldade de amamentar, deseja realizar o sonho das mães que necessitam voltar ao trabalho, ver assegurado seu direito de amamentar, contando com o apoio das empresas, escolas de educação infantil e creches para que o aleitamento possa ser contínuo até o tempo ideal para o bebê de acordo com a OMS.
Fonte: amsbrasil.com
Acesso: 18/08/2011
Escrito por Nadia Cozzi- Voluntária Online

Ser Solidário, Ser Voluntário.


Hoje assisti a uma palestra no Centro de Voluntariado de São Paulo com um tema “pra” lá de interessante: Voluntariado e Transformação Social.
Como a própria Palestrante advertiu no início, nada do que seria apresentado era novo, mas relembraríamos conceitos e preconceitos adormecidos, condição essencial para nos tornarmos verdadeiros Voluntários.

Em princípio todos nós somos “seres do bem”, somos contra jogar papel no chão, desperdiçar água, luz, poluir o ar, cortar árvores, etc, etc. Mas quantos de nós somos “seres realmente humanos”, pensando “amplo” em vez de pensar “eu”? Somos exemplo à nossa família, vizinhos, comunidade, enfim, aos que nos cercam?

Ser um cidadão é se perceber parte, é fazer parte de alguma coisa. Ser Voluntário transcende a isso: com seu olhar crítico, mas construtor, realiza ações transformadoras. Doa uma parte de si.

O trabalho Voluntário tem muitas dimensões: um grande projeto ligado a uma organização, uma praça precisando de cuidados, a reciclagem do lixo no prédio onde moramos, uma horta comunitária e até uma pessoa precisando de ajuda para atravessar a rua. Existe alternativas de acordo com o tempo e habilidades disponíveis, o importante é perceber e realizar.

Outro dia assisti a uma cena na rua que me comoveu muito e que encaixa muito bem no contexto. Duas senhoras conversando no portão. Pessoas de certa idade, desgastadas pelo tempo, sem nenhum encanto físico.

A que aparentava ser um pouco mais moça disse à mais velha:

- Você escreve a carta para ele? Diga que gosto muito dele e quero um relacionamento sério.

A outra senhora responde:

- Mas por que você não fala isso pessoalmente?

- Fico sem jeito, é difícil falar olhando nos olhos dele. Você sabe como dizer melhor, escreve para mim…

- Está bem, disse a outra, quero ver você feliz.

Naquela cena havia algo especial. Elas pareciam estar em outros tempos, alheias ao que acontecia ao redor, tinham o frescor de duas adolescentes na expectativa de um novo amor, sem julgamentos. Entre elas havia confiança, compreensão, respeito mútuo, admiração e, acima de tudo, comprometimento.

Espontaneamente esta senhora participava de um trabalho voluntário, transformando e devolvendo a auto-estima da amiga e ainda colaborando para um possível futuro amor. Um Trabalho Voluntário puro, feito pelo coração.

Faça a sua parte, por menor que ela seja promoverá uma grande mudança. Tenha certeza disso!

Palestra Voluntário e Transformação Social – palestrante voluntária Mirta.
Escrito por Nadia Cozzi – Voluntária Online

Fique mais um pouquinho e aproveite:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tem mais gente ....