Pensem mais sobre os seus sonhos!





Esses dias li uma entrevista do Roberto Shinyashiki que entre outras coisas falava sobre tomarmos cuidado para não vivermos o sonho dos outros … o assunto me chamou atenção, pois não é de hoje que venho notando que boa parte de nós tem mesmo vivido sonhos que não nos pertencem.

Antes de mais nada vale dizer que depois de mais de um ano viajando percebo o quanto nós brasileiros somos mesmo um dos povos mais sonhadores do planeta e isso tem lá seus méritos. Através dos nossos sonhos criamos condições para prosperar, buscamos ferramentas para transformá-los em realidade e com isso acabamos sendo um dos povos mais criativos e empreendedores do mundo!! Até aí tudo lindo … mas como todo sonho pode ter sua parte de desilusão vamos dar uma espiada em outros lados desse fantástico mundo do imaginário …

Muitos de nós vivemos sonhos impostos através de pressão familiar ou meio social e acabamos sendo algo que os OUTROS idealizaram para nós!! Alguns estudam aquilo que os pais “ aconselharam” enquanto outros cuidam de negócios de família que não os seduzem, são “eleitos” para cargos que o meio impõe … enfim, realizações que acalentam outros corações que não os nossos!! Acabamos fazendo coisas sem o menor talento ou habilidade apenas para manter uma posição social ou não ter que dizer “NÃO”!! O tempo passa e uma desoladora falta de motivação nos atinge a alma … já ouviram falar que sem paixão não há motivação?! Então … é exatamente isso !! Viver o sonho que outros projetaram em nós não dá mesmo certo …

Outros ainda projetam nas habilidades alheias sua realidade e constrõem sonhos impossíveis, muitos vislumbram ser jogadores de futebol ou astros do rock quando nunca jogaram bola ou cantaram. Exageros à parte esse exemplo foi apenas para ilustrar a distância entre algumas realidades e sonhos projetados!!

Engraçado como muitos de nós estamos sempre de olho no “jardim do vizinho”, como se a grama alheia fosse sempre mais verde e o jardim sempre mais florido. O camarada olha pro lado e vê aquela “ roseira” cheia de flores e logo pensa “que roseirão!!”, mas pode ser que olhando mais de perto só visse espinhos …




Digo sempre que todos os “jardins” são floridos; uns com margaridas, outros com cravos, lírios … o que importa é a gente regar essas “flores”, aí sim o jardim vai ficar bacana!! Parece que a habilidade alheia é sempre mais interessante, mais lucrativa, mais necessária … calma aí … habilidade é algo inato, pode ser que nunca tenhamos as “margaridas” do camarada ao lado mas temos os nossos “cravos” e é exatamente em cima deles que temos que pautar e construir os nossos sonhos, aí sim serão possíveis de concretizar!! Construir sonhos nos jardins alheios gera apenas frustração!!

Já é provado que sonhar “move”, nos tira do estado estático e nos põe avante mas nada mais legal que sonhar com dignidade. Sonhar o “nosso” sonho pra sermos aquilo que realmente desejamos ser, para termos aquilo que desejamos ter sem passer por cima dos sonhos dos demais … até porque sonhos obsessivos podem nos levar por caminhos menos éticos e mais violentos!

E já que o papo é sonhar espero que vocês caros leitores sonhem com algo que possam deixar como legado, sonhem com algo que amem fazer, sonhem com aquilo que seu coração realmente pulsa, não sonhem em apenas ter, sonhem primeiro em SER, ser alguém bom, justo e nobre de alma … com esses sonhos realizados os demais naturalmente virão!!

Por Luah Galvão. do Projeto Walk and Talk .
Quer saber mais sobre o Projeto? clique aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas