"Quero viver até o fim o que me cabe! Para que o amor não seja mais escravo de casamentos, concupiscência, salários...

O AMOR EM QUATRO TEMPOS
Cinema e psicanálise

Maria Lucia Homem
"Quero viver até o fim o que me cabe! Para que o amor não seja mais escravo de casamentos, concupiscência, salários. Para que, maldizendo os leitos, saltando dos coxins, o amor se vá pelo universo inteiro". Dos versos canônicos de Maiakovski às cartas medievais, de escritos milenares às baladas modernas, o amor não deixa de provocar o homem. Tanto o cinema como a psicanálise - e inúmeras áreas, sempre tão humanas - debruçam-se sobre o tema e buscam lançar alguma luz nesse mistério. O curso pretende fazer um recorte de quatro momentos fundamentais da reflexão sobre o Amor ao longo da história: os fundamentos ancorados no pensamento grego e na tradição judaico-cristã, o surgimento do amor medieval cortês e a fundação da concepção da individualidade moderna, culminando nos impasses do contemporâneo. A cada encontro, um paradigma e um filme de base conduzirão a abordagem da questão.

Início: 18 AGO
Duração: 4 encontros semanais
Dias/horários: Sábados, às 11h (18/08, 25/08, 01/09, 15/09)
Valor: R$ 260,00 na inscrição + 1 parcela de R$ 260,00
Observações: Das 11h às 13h






Tel.: (11) 3707-8900

Horário de funcionamento: 09h às 22h

E-mail:
info@casadosaber.com.br
18 AGO | 1. Eros, “O Banquete” de Platão, o mito da completude – formas de dar conta do enigmático encontro entre os seres. "Shame" (Steve McQueen, 2011) 

25 AGO | 2. O cristianismo e a ideia de amor ao próximo, cosmos e alteridade no horizonte do humano. "Bleu: a liberdade é azul" (Krzysztof Kieslowski, 1993) 

01 SET | 3. O amor cortês, a virada moderna e a invenção do amor romântico ocidental. "Ligações perigosas" (Stephen Frears, 1988) 

15 SET | 4. A fantasia do amor e sua queda: estaríamos envoltos na inescapável armadilha do circuito expectativa – frustração? "Encontros e desencontros" (Sofia Coppola, 2003) 
Maria Lucia Homem. Psicanalista e professora na FAAP e no Núcleo Diversitas-USP, com pós-graduação no Collège International de Philosophie/ Universidade de Paris 8 e FFLCH-USP. 

Comentários

Postagens mais visitadas