sábado, 22 de setembro de 2012

Microondas reduz Nutrientes dos Alimentos diz Estudos


Por Vida Sustentável






Para muitos o Microondas é uma maneira de preparar alimentos de forma ecológica, já que não usa combustíveis fósseis e Madeira, e seu consumo elétrico é considerado mediano. A indústria alegou que cozinhar no microondas protege os nutrientes dos alimentos. Mas todos sabemos que alguns alimentos feitos em microondas tem sua textura e sabor alterado. Alimentos cozidos ou reaquecidos em fornos de microondas tornou-se borrachudos, sem os cheiros e sabores dos mesmos alimentos cozidos de maneira mais lentos.

No entanto, as pessoas compraram a conveniência, a velocidade, a simplicidade de aquecimento e comer alimentos preparados em segundos. A ciência, que tem sido apoiada pela indústria de alimentos, continuou a reivindicar os benefícios de saúde dos microondas. Mas recentemente, publicou dados sobre os benefícios de saúde de alimentos feitos em microondas, que não são muito animadores.

Comida feita em microondas faz mal a saúde?

Acho que não, os americanos usam os fornos de microondas a décadas e estão ai gordinhos, mas segundo a pesquisa existe ressalvas e cuidados. Os estudos feitos em diversas partes do mundo trouxeram descobertas que colocou em xeque os benefícios do forno de microondas, podendo leva-lo de mocinho para vilão em pouco tempo.
Pesquisas e Estudos alertam para o Uso de fornos de Microondas

Um estudo de 1999 da culinária Escandinávia de aspargos, descobriu que o microondas causou uma redução considerável em vitaminas.

Em um estudo de alho, menos de 60 segundos de aquecimento por microondas foi suficiente para inativar sua allinase, ingrediente do alho que tem um princípio ativo contra o câncer.

Um estudo publicado na edição de novembro de 2003 pelo Jornal da Ciência da Alimentação e Agricultura, constatou que o brócolis “eletrocutado” no microondas com um pouco de água perderam até 97% dos antioxidantes . Em comparação, brócolis refogado perderam apenas 11% ou menos de seus antioxidantes. Houve também uma redução em compostos fenólicos e glucosinolatos, mas os níveis de minerais permaneceram intactos.

Microondas podem destruir os essenciais agentes de combate a doença no leite materno, que oferecem proteção para o seu bebê. Em 1992, Quan descobriu que o leite materno aquecido no microondas perdia atividade da lisozima, anticorpos, e promoveu o crescimento de mais bactérias potencialmente patogênicas. Quan afirmou que mais danos foram causados para o leite por microondas do que por outros métodos de aquecimento, concluindo:

“Microondas parece ser contra-indicado em altas temperaturas, e questões relativas a sua segurança existem mesmo em baixas temperaturas.”

Microondas criam novos compostos que não são encontrados em humanos ou na natureza, chamados compostos radiolíticos. Nós ainda não sabemos o que estes compostos estão a fazer para o seu corpo, mas não são bons para a saúde, disso temos certeza.
Comida Natural requer aquecimento Natural. Como sobreviver sem um Microondas?

Já vimos que as facilidades da vida podem trazer prejuisos a nossa saúde, panelas ou frigideiras com antiaderente é tóxico, mas são coisas que podem ser substituídas, comer frutas frescas, cruas, ou vegetais levemente aquecidos , nozes e sementes são a base de um plano de uma refeições saudáveis e sustentáveis.

Os grãos e legumes é aconselhável cozinhá-los em um fogão, já para as carnes, cozinhar, refogar, assar, mas para o churrasco tome cuidado. Produtos lácteos, como o queijo, leite, são mais ricos em nutrientes quando aquecido. Você sobrevivera sem Microondas, mas com ele não vou afirmar nada..


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

AS 20 REGRAS PARA SER FELIZ

Quem conseguir tornar consciente e colocar em prática essas regras, possivelmente aprenderá a viver com qualidade. Instituto Eneagrama - 21...