terça-feira, 2 de julho de 2013

FLORICULTURA PLANTA MUDAS ENDÊMICAS EM NOME DE BLOGUEIROS




Em meio a um corredor natural com a Serra do Caraça, há aproximadamente 40 km de Belo Horizonte, compreendendo os municípios de Barão de Cocais, Caeté, Santa Bárbara, Rio Acima, Raposos e Itabirito, a Serra do Gandarela é considerada a segunda maior floresta de Mata Atlântica de Minas Gerais e a maior extensão de cangas ferruginosas do Brasil severamente ameaçadas pela exploração do minério de ferro.


As atividades mineradas devastam o Gandarela e todos os seus mananciais (bacias hidrográficas dos Rios Doce/Piracicaba e São Francisco/Rio das Velhas), comprometendo também a qualidade da água do Rio das Velhas, responsável pelo abastecimento de 60% dos 5 milhões de mineiros da região metropolitana de Belo Horizonte e municípios vizinhos. Por isso, desde 2009, o projeto Manuelzão/UFMG junto a 25 entidades, solicitaram ao (ICMBio) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, estudos sobre a criação do Parque Nacional, que irá proteger a região e estimular o turismo sustentável.


Em apoio à criação do Parque Nacional como política de preservação do Gandarela e buscando através das redes sociais, conscientizar a população dos problemas atuais que assolam o local, o site de floricultura Ikebana BH está plantando mudas endêmicas nas áreas mais devastadas da região, em nome de todos os blogueiros que divulgarem a campanha Plante uma Árvore. Todas as ações do plantio podem ser acompanhadas através do site da Ikebana Flores.

A floricultura também está doando mudas do cerrado durante a campanha: ipê amarelo, ipê branco, sucupira, pata de vaca, tamarino e peroba. Basta vir a Floricultura Ikebana Flores – Av. Getúlio Vargas, 1697, Savassi; de 2ª feira a 6ª feira, no horário de 10h00 às 19h00.

*Crédito: Thaís Alessandra, do Coletivo Cirandar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Fique mais um pouquinho e aproveite:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tem mais gente ....