Quanto custa sua hora?



por Marcio Zeppelini

Quanto custa a sua hora?


Só R$ 25,00!

Um homem chegou em casa tarde do trabalho, cansado e irritado e encontrou o seu filho de 5 anos esperando por ele na porta, que foi logo perguntando: 

- Pai, quanto você ganha em uma hora?

- Isso não é da sua conta. Porque você esta perguntando uma coisa dessas? - o homem disse agressivo.

- Eu só quero saber. Por favor me diga, quanto você ganha em uma hora?

- Se você quer saber, eu ganho R$50 por hora.

- Ah… - o menino respondeu, com sua cabeça para baixo.

- Pai, pode me emprestar R$ 25,00?”

- Essa é a única razão pela qual você me perguntou isso? - Perguntou o pai, furioso - Pensa que é assim que você pode conseguir algum dinheiro para comprar um brinquedo ou algum outro disparate? Vá direto para o seu quarto e vá para a cama. Pense sobre o quanto você está sendo egoísta. Eu não trabalho duramente todos os dias para tais infantilidades.

O menino foi calado para o seu quarto e fechou a porta. O homem sentou e começou a ficar ainda mais nervoso sobre as questões do menino.

- Como ele ousa fazer essas perguntas só para ganhar algum dinheiro?

Após cerca de uma hora, o homem tinha se acalmado e começou a pensar. Talvez houvesse algo que ele realmente precisava comprar com esses R$ 25,00 e ele realmente não pedia dinheiro com muita frequência. O homem foi para a porta do quarto do menino e abriu a porta.
- Você está dormindo, meu filho? - ele perguntou.

- Não pai, estou acordado - respondeu o garoto.

- Eu estive pensando, talvez eu tenha sido muito duro com você há pouco? - afirmou o homem. - Tive um longo dia e acabei descarregando em você. Aqui estão os R$ 25 que você me pediu.

- Obrigado, pai! - gritou sorrindo!

Então, colocando a mão debaixo de seu travesseiro, ele puxou alguns trocados amassados. O homem viu que o menino já tinha algum dinheiro, e começou a se enfurecer novamente. O menino lentamente contou o seu dinheiro, em seguida olhou para seu pai.

- Por que você quer mais dinheiro se você já tinha? - Gruniu o pai.


- Porque eu não tinha o suficiente, mas agora eu tenho - respondeu o menino - Papai, eu tenho R$ 50 agora. Posso comprar uma hora do seu tempo? Por favor, chegue em casa mais cedo amanhã. Eu gostaria de jantar com você.

Não se pode comprar o tempo, mas o tempo pode “comprar” sua vida!

Não sabemos quanto temos de estoque desse precioso recurso chamado Tempo. E se não soubermos usá-lo, cada dia que passa jogamos fora a oportunidade de aproveitar cada minuto fazendo coisas úteis e agradáveis a nós e aos nossos próximos.

Estar num trabalho que não gostamos é perda de tempo. Manter um casamento infeliz, é perda de tempo. Não usar parte de seu tempo para seu lazer ou simplesmente para ter horas felizes ao lado de sua família demonstra um desequilíbrio que, no futuro, perceberá que não poderia ter feito dessa maneira.

Oito horas para dormir, Oito horas para trabalhar e oito horas para descanso e lazer. Simples assim.

Um bom feriado para você. Aproveite o Dia do Trabalho para… descansar!

Abraços sustentáveis,
MARCIO ZEPPELINI






Quer que um amigo receba as metáforas? Encaminhar para um amigo


CONHEÇA MAIS:



















"Escolhe um trabalho de que gostes


e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida."


Confúcio










Próximas palestras / treinamentos:

22/05 - Guarapari/ES - Festival ABCR
23/05 - Recife/PE - SERH Sustentável
26/05 - São Paulo/SP - Palestra gratuita - Instituto Filantropia
31/05 - São Paulo/SP - Programa de Inclusão Universitária - Uninove
24/06 - São Paulo/SP - Palestra gratuita - Instituto Filantropia
03/07 - Buenos Aires / ARG - Congreso Aedros
18/08 - Atibaia/SP - Imersão em Captação e Mobilização de Recursos
22/09 - Porto Velho/RO - A Diversidade Humana em uma Cultura de Paz
25/03 - Gramado/RS - Fórum Interamericano de Filantropia Estratégica - FIFE’15



Comentários

Postagens mais visitadas