quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Kototama - O espírito da palavra, o que isso tem a ver com as músicas que escuto?


Guen-Rei = Kototama = espírito da palavra
Vocábulo japonês composto de Guen=palavra e rei=espírito.


Os sons emitem uma vibração -positiva ou negativa- que influi de modo decisivo na criação do ambiente espiritual.

Por isto, nas orações orientais, é frequente o emprego de mantras que, por sua mera emissão sonora, purificam o ambiente.


Vocês devem ter percebido que ultimamente tenho postado letras de músicas que tenho chamado "Quando as letras das músicas tinham sentido e sentimento".

Se levarmos em conta o Kototama, ou o espírito da palavra, como será que anda a energia das músicas que ouvimos diariamente. 

Perceberam que essa energia é "malandra"? Na maioria das vezes estamos distraídos ouvindo música no trabalho, no carro, em casa. Não prestamos atenção às letras ...

E lá estamos nós... "Felicidade foi embora e a tristeza no meu peito ainda mora " ou então "tristeza não tem fim, felicidade sim". Ah mas você vai dizer, essas são antigas. Não tem nada a ver...

Tuuuudo bem, vamos lá para as atuais. Quem sabe as musas das Olimpíadas me trazem uma luz: 

Anita - Bang : Vem na maldade, com vontade / Chega, encosta em mim / Hoje eu quero e você sabe que eu gosto assim.  Uh, uh, uh, uh, uh / Uh, uh, uh, uh, uh / Uh, uh, uh, uh, uh

Ludimila - BomHumm, humm, humm, é bom / Uma taça de chandon (bom)
Um calor no edredom (bom) / Cê tirando meu batom é bom, bom, bom, bom, bom
Uma taça de chandon (bom) / Um calor no edredom (bom)
Cê tirando meu batom é bom, bom, bom
Relaxa que eu quero você / Relaxa que eu quero prazer
Relaxa que a noite promete e naturalmente vai acontecer


Estou exagerando? Talvez, mas é o que tem nos programas de TV, nas rádios, na Internet. Somos bombardeados pela mídia com músicas de consumo rápido, não temos mais letras que enriquecem nosso vocabulário. Claro que o tempo filtra e daqui há 20 anos ninguém vai lembrar do que é ruim. Mas a energia colou em quem viveu esse tempo.

E é dessa energia que quero falar. De filtrarmos hoje o que pode nos fazer bem, prestar mais atenção nessa energia que chega de fininho e sem que prestemos atenção nos atinge profundamente. E lá estamos nós sem saber porque irritados ou depressivos.

Vamos ouvir e não apenas escutar. Mesmo nas músicas clássicas isso acontece, algumas nos "botam pra cima" outras nos levam "pro chão".

Adoraria receber sugestões dos leitores  para ampliarmos nossa coleção de músicas que só fazem bem. E aí cantar, dançar  e fazer nossa alma feliz!




Sugestões já publicadas:
Noel Rosa
+ Noel Rosa
Marisa Monte
Maria Bethania


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Fique mais um pouquinho e aproveite:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tem mais gente ....