segunda-feira, 16 de outubro de 2017

16 de outubro – Dia Mundial da Alimentação temos motivos para comemorar?


Será que temos o que comemorar aqui no Brasil? Estava pensando sobre o que escrever...

Falar das vantagens dos orgânicos? Da importância da comida de verdade? Por mais cascas menos embalagens? Que cozinhar é um prazer que faz bem ao corpo e à alma?

Tudo isso é muito bom de falar, mas por outro lado não podemos fechar os olhos para algumas notícias bem preocupantes, não é mesmo? Vamos relembrar algumas?

· Mãe Terra vendida para a Unilever

· Prefeitura de São Paulo lançando ração para a população de baixa renda feita com alimentos que passaram do prazo de validade

· O selo que indica que um alimento é transgênico pode cair a qualquer momento.

· A Knorr que lança uma campanha intitulada “Me conheça melhor”, com o seguinte slogan: Tenho código de barras, mas também tenho beleza, só porque sou fabricado, não venho da natureza? Oi?

Pois é... isso tudo é muito surreal gente. No caso da Mãe Terra eu torço para ter que dar a mão à palmatória, mas eu duvido que uma empresa como a Unilever vá atentar aos detalhes e à qualidade que a Mãe Terra espera deles. Isso me lembra muito o ex- amado chef de cozinha saudável Jamie Oliver quando se associou à Sadia achando que ia divulgar seus preceitos mais rapidamente. Onde está ele hoje? Alguém ouviu falar do Food Revolution Day e seus embaixadores este ano?

Agora no caso da ração, do selo dos transgênicos e da natureza do caldinho industrializado é no mínimo achar que nós consumidores somos obtusos, não é não?

Estamos passando por uma época difícil em todos os setores, o Universo nos cobra atitudes na política, na saúde, na educação e porque não na alimentação?

Não podemos mais aceitar as coisas como como carneirinhos, deixando as raposas tomarem conta de nossas vidas.

Chega de efeito manada gente, chega de achar que não podemos fazer nada ou pior “eu sempre comi e nunca morri”.

O Dia Mundial da Alimentação deve ser comemorado sim, todos os dias, com refeições de verdade, que respeitam a Vida das pessoas, das famílias e do Planeta. Comece na sua casa, seja um consumidor consciente, não seja consumido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...