domingo, 26 de fevereiro de 2012

Moda sustentável. A Moda é Preservar!



É possível estar na moda sem agredir o meio ambiente. Veja os prejuízos que as roupas causam ao planeta.
A palavra “moda” vem do latim modus e significa “modo”, “maneira”. É um código que acompanha o vestuário e o tempo, e que tem sido utilizado como uma via de expressão e identificação. Assim, o simples uso das roupas no dia a dia ganha um contexto maior, político, social e até ambiental.
Então o que seria a moda sustentável? Para responder a essa pergunta é preciso pensar em todo o processo de produção da indústria da moda, desde a utilização de materiais orgânicos e a valorização de mão de obra local até formas de reduzir a emissão de gás carbônico na atmosfera.
Utilização de produtos orgânicos
Sabe aquela sua camiseta de algodão? Você deve imaginar que ela é uma roupa ecologicamente correta, certo?
Saiba que para confeccionar uma camiseta de 250 gramas, na China, utiliza-se, em média, 160 gramas de agrotóxicos. Além disso, a maioria dos resíduos produzidos na fabricação da camiseta são despejados em rios. Para que a peça seja realmente sustentável, deve ser feita com algodão orgânico, sem produtos químicos e sustâncias tóxicas em sua produção.
E já que falamos em água, o processo de fabricação de apenas uma calça jeans consome a mesma quantidade de água que uma pessoa precisa para viver durante um ano.
Upcycling

Jason Mraz com seu Eco-tux
Em uma tradução livre, upcycling significa valorização do ciclo. Trata-se do reaproveitamento/reciclagem de materiais em fim de vida útil, transformando-os em algo novo. Algumas técnicas de upcycling estão sendo usadas na reutilização de garrafas PET para fabricação de ternos, conhecidos como Eco-tux.
Uma técnica mais popular, e uma das mais antigas de upcycling, é a customização de roupas; cortar aquela calça fora de moda, tingir uma camisa velha, pregar um botão, e assim transformando o que não se usa mais em roupa nova.
A moda sustentável já invadiu o mundo fashion. Durante a São Paulo Fashion Week, o estilista Alexandre Herchcovitch mostrou em sua coleção masculina peças confeccionadas com tecido EcoSimple, feito com técnicas de upcycling. Já o estilista Ronaldo Fraga utilizou algodão orgânico cru e também de rendas feitas por artesãs paraibanas e bordadas por artesãs de Pernambuco e de Minas Gerais.
A seguir uma lista sobre Moda e Sustentabilidade feita com informações do siteFashioNYC:
1- A produção de couro para roupas, bolsas e sapatos está entre as que mais poluem o meio ambiente. Isso porque para amaciar o couro são usadas toneladas e mais toneladas de sal, entre outros produtos. Esse sal é dissolvido em água, que vai parar no solo. Anos e anos de produção provocam o acúmulo de água salgada em regiões onde o sal não é parte do ecossistema.
2- Cerca de 8 mil tipos de produtos químicos são usados para transformar matéria-prima bruta em tecidos. Muitos desses produtos provocam danos irreversíveis no meio ambiente.
3- Mais de 11 milhões de toneladas de poliéster (isso mesmo, dá 11 bilhões de quilos) são fabricados por ano. O processo de produção deste tecido demanda um consumo de água muito pequeno, mas, por outro lado, exige uma grande quantidade de energia. As fibras do poliester não são biodegradáveis, mas o tecido é reciclável.
4- O simples uso de uma camiseta básica pode despejar na atmosfera 4 kg de dióxido de carbono durante toda a vida útil da roupa. Isso acontece se ela for sempre lavada a uma temperatura de 60º C, for secada em secadora e passada a ferro. No Brasil, não temos o hábito de usar secadora, mas essa maquininha destruidora de roupas é hábito em vários países, inclusive nos EUA.
5- Quase 100% dos tecidos existentes são recicláveis e a indústria que faz essa reciclagem é capaz de reaproveitar mais de 90% das roupas descartadas. Isso é feito sem gerar subprodutos nocivos ao meio ambiente.
E você? Sabe fazer moda sustentável? Crie uma dica de moda sustentável, customize uma roupa, ou use outras técnicas e envie a foto e a dica para aessetalmeioambiente@gmail.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...