segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Fraldas de pano, a grande questão!


Cada vez que leio textos como este e encontro pessoas como a Carol e o Dan, sempre dispostos a dar o seu melhor para o Mundo, renovam-se as minhas forças para continuar no caminho de uma sociedade mais justa, sustentável e feliz. Parabéns Carol e Dan e parabéns à Julia que foi gerada por pessoas tão especiais.
Sogras, cunhadas, avós, todas dizem - e minha mãe gostaria de dizer, se não conhecesse minha teimosia :D : ...mas as fraldas descartáveis são muito mais práticas!!
Elas têm razão. Fraldas descartáveis são mesmo muito práticas, isso não tem como negar. Tirar a fralda com xixi ou cocô e jogar direto no lixo...e o lixo que se vire. É a solução perfeita. Assim como, aliás, nos habituamos a pensar - ou não pensar - ao escolhermos copos, talheres, pratos, guardanapos e embalagens descartáveis.
Ou melhor, seriam a solução perfeita, não fosse o fato simples e fatal: vivemos num planeta finito. A disponibilidade e baixo custo do plástico - pelo menos como conhecemos hoje, o de petróleo - não vai ser para sempre. E o problema de dispor lixo é cada vez maior - você sabia, por exemplo, que na cidade de São Paulo o lixo percorre de 15 a 30 km até seu destino final? Em cidades litorâneas o problema é cada vez maior: na Baixada Santista cogita-se subir a Serra do mar com o lixo, pois está difícil licenciar novos lixões (ou "aterros") em áreas remanescentes de mangues e restingas.
E você sabia que um bebê usa cerca de 5.500 fraldas descartáveis até o desfralde, e que elas levam cerca de 450 anos para se decomporem?! Ou seja, vai-se você, o bebê, o filho do bebê, o neto dele, o tataraneto....e as fraldas de cada geração só vão se acumulando....imaginem só que montanha de fraldas!!
Bem, como eu e o Dan estamos empenhados de verdade numa vida mais sustentável, para dar nossa contribuição de um futuro melhor para a Julia (que vai nascer daqui a quatro meses), não podemos fingir que esses problemas não existem. Então temos considerar seriamente a opção de fraldas reutilizáveis, ou biodegradáveis.
Mas nossa vida é bem corrida, e confesso que já estava desanimando dessa idéia, até conhecer o grupo de e-mail fraldadepano. Lá ouvi de mães de verdade, que trabalham como eu, que fraldas de pano são viáveis. Estou conhecendo vários nomes, marcas e lojas, e logo vou passar para vocês aqui no blog. E, claro, pretendo experimentar algumas marcas e compartilhar com vocês o que dará certo ou não em casa, com a Julia.
Desejem-me boa sorte! :D Por enquanto, vou deixá-las com o ótimo depoimento da Laura Morgado, mãe da Maitê :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...