quarta-feira, 6 de março de 2013

Anjo de quatro patas de Walcir Carrasco


Olá pessoal!

Meu nome é Luciana, adoro livros e tenho um blog literário chamado Ver, Gostar e Ler! onde são publicadas resenhas, comentários e indicações de livros que já li.

Há alguns dias recebi um convite da Nadia me convidando para colaborar com uma coluna literária aqui no blog. Confesso que fiquei muito contente e aqui estou.

Obrigada, Nadia pelo convite!

Portanto, toda a quinta-feira será publicada uma resenha de um livro, contendo o resumo para que vocês possam conhecer um pouco sobre o conteúdo do livro e a minha opinião acerca do mesmo.

Espero que vocês apreciem a coluna e deixem seus comentários aqui blog.

Vamos ao que interessa, segue a resenha do livro 
Anjo de quatro patas do autor Walcyr Carrasco.


“A solidão é como uma doença crônica. Atormenta. Dói.”
“Queria correr riscos. Só chora quem realmente amou, e sem amor a ida é apenas uma passagem desolada.”

Título: Anjo de Quatro Patas
Autor: Walcyr Carrasco
Editora: Gente
Ano: 2008
Páginas: 196

Sinopse: Uma linda história de amor e amizade entre um homem e seu cachorro. Neste livro, o escritor Walcyr Carrasco registra os momentos mais engraçados e comoventes vividos ao lado de Uno, um cão que, além de um simples companheiro, tornou-se um verdadeiro amigo, ensinou-lhe a enxergar as pessoas de outra maneira e, sobretudo, devolver-lhe a alegria de viver. Entre mordidas e lambidas, você irá rir e se emocionar com as aventuras desse anjo de quatro patas que renovou a rotina e os sentimentos de seu dono.

Resenha: Anjo de quatro patas, do autor Walcyr Carrasco é um livro baseado em fatos reais, mas que traz também um pouco de ficção. Walcyr conta que um pouco antes de conhecer Uno, passava por um momento muito difícil, pois ainda tentava superar uma grande perda em sua vida.

Havia a pouco tempo perdido sua esposa, no qual passou muito tempo se dedicando a atender as necessidades que a mesma tinha por conta da doença, o câncer. Não aceitando a perda, mas ao mesmo tempo exigindo de si mesmo uma mudança de comportamento decide se mudar, a fim de se distanciar das lembranças que a moradia lhe trazia. Afinal os últimos dias que passou ao lado de sua esposa tinha sido naquela casa.

Assim, se mudou para um condomínio quase rural na expectativa que o novo local pudesse lhe ajudar a superar e a esquecer mais rápido o sofrimento que carregava. No entanto, pessoas muito próximas lamentavam a mudança de residência, uma vez que o lugar era bem isolado.

Foi aí que Uno entrou em sua vida. Através de uma tentativa, há alguns anos atrás, por parte de seu irmão e cunhada da criação da raça Huskie Siberiano que acabou não dando certo, nasceu um único filhote batizado de Uno que cresceu e a agora estava trazendo problemas para seu irmão e cunhada, já que se estranhava com o outro cão da casa.

Todos sabiam que Walcyr sempre foi apaixonado por cães e agora vivia sozinho, morava em um lugar com bastante espaço, isolado, que precisava de proteção. Assim, seu irmão e cunhada lhe ofereçam Uno, um Huskie Siberiano de pelo cor de mel com um olho na cor azul e o outro castanho.

Walcyr nos conta de forma muito amável como, com a chegada de Uno em sua vida, se iniciou uma grande história de amizade entre ambos. Levando Walcyr a superar e a se libertar de todo o sofrimento que até então vinha passando e sentindo.

O livro não só nos traz uma mensagem muito bacana sobre a amizade entre um humano e um cão, mas também como ela pode nos levar a superar determinadas coisas em nossas vidas. Como também ninguém pode viver só, ou seja, necessitamos de companhia para não ficarmos doente de solidão. De como um cão pode se transformar em um grande companheiro nos trazendo de volta para “vida”.

Foi um livro que me surpreendeu muito, pois sinceramente eu achava que história seria um pouco cansativa. Sabe aquelas histórias dos cães e seus donos, sem muita novidade? Pelo contrário as histórias que Walcyr conta sejam elas verídicas ou não, são muito interessantes e engraçadas, pois para quem não conhece a raça nunca imaginaria que fosse capaz de certas coisas.

Você vai encontrar um livro bem escrito, muito gotoso de ler, a leitura fluirá muito bem. A historia não é cansativa, pois traz fatos da vida de Uno com Walcyr, mas o autor também nos conta fatos de sua vida pessoal que não estão diretamente relacionados a Uno.

A capa do livro é bacana, mas ainda acho que poderia ter sido mais bem elaborada. Já a diagramação é muito fofa com patinhas. A única critica negativa ao livro é que em determinado momento o autor transcreve algumas cartas recebidas dos leitores de sua coluna e são 10 páginas do livro que só contem cartas de leitores. Neste momento o livro fica muito cansativo e chato, seriam apenas necessárias umas 5 a 6 cartas no máximo para transmitir a mensagem.

Não foi um livro que me emocionou ao ponto de me fazer chorar como li em alguns comentários e resenhas. Gostei do livro, indico a leitura e classifico com 3 estrelinhas.

“A fidelidade de um cão costuma ser maior que a de uma pessoa, mesmo quando o animal é submetido a situações extremas.”

Beijão para todos!
Por Luciana Curvello 













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...