terça-feira, 4 de novembro de 2014

Quais são as lâmpadas benéficas que minha casa e meu corpo agradecem?


Vc sabe comprar lâmpadas? 

ABAIXO UMA RELAÇÃO DE ALGUMAS OPÇÕES DISPONÍVEIS NO MERCADO.

Uma lâmpada de boa qualidade para seu corpo físico e para o ambiente ficar com um bom ciclo energético, ela precisa ter:
* IRC acima de 90 (Índice de Reprodução de Cores)
*Temperatura de Bulbo ou de cor 3000 kelvin (onde encontramos o espectro amarelo, luz semelhante a produzida pelo sol)
*Espectro Luminoso Amarelo (onde ela nutre nosso corpo ao invés de desvitalizar)
Uma lâmpada que não está nos quesitos acima o nosso corpo físico gritará, pois iremos entrar num processo que facilita o quadro de depressão, cansaço, angustia, irritabilidade, possíveis problema nos ossos, coração, visão e câncer de pele,

INCANDESCENTE
Até o fim deste ano, não haverá mais lâmpadas incandescentes de 100 W à venda. As versões de 60, 40 e 25 W desaparecerão gradativamente até 2016.
A versão de 60 W é, hoje, a mais vendida do Brasil. O fluxo luminoso ocorre instantaneamente: ao ser acesa, já dá seu máximo. Seu tom amarelado é confortável aos olhos (temperatura de cor de 3000 k). Possui máximo índice de reprodução de cor (IRC): 100%. Tem vida curta: cerca de mil horas. Mas é uma das lâmpadas de melhor qualidade para manter nossa boa visão, a serotonina e ajudar a mantermos a vitamina D no nosso corpo.

HALÓGENA
Sua equivalente é a opção com 42 W, que representa uma economia de 30%. Assim como as incandescentes, aceita dimer com facilidade. Seu fluxo luminoso também é imediato. Oferece suave tom amarelado (temperatura de cor de 2700 k). Seu índice de reprodução de cor (IRC) é de 100%. Vida de aproximadamente mil horas. Os benefícios são próximos da lâmpada acima.

FLUORESCENTES
Para obter o mesmo resultado de uma incandescente de 60 W, busque a versão de 15 w. Poupa-se 80% na conta de luz. No Brasil, é raro encontrar as opções que aceitam dimer. Para atingir seu máximo, pede entre um e dois minutos. Acender e apagar seguidamente reduz sua durabilidade. Seu índice de reprodução de cor (IRC) é baixo por isso exige bastante de nossa visão, inclusive altera nosso nível de proteção a pele. Possui na sua composição metais pesados, como o chumbo e o mercúrio. A maioria destas lâmpadas emitem raios UV (ultravioleta) e IV (infravermelho). Antes da compra verificar na embalagem sua composição. Dura por volta de 8 mil horas.

LED
Com apenas 10 W, ela ilumina o mesmo que a incandescente de 60 W. Com vida útil longa, alto IRC (índice de reprodução de cores), melhor eficiência luminosa, não emitem raios UV (ultravioleta) e IV (infravermelho) nocivos à saúde da pele humana. Com baixa emissão de calor, tornam-se mais econômicas inclusive pois num ambiente com ar-condicionado elas exigem pouco deste equipamento na climatização. No fim do mês, a economia ultrapassa os 80%. As versões dimerizáveis custam quase o dobro das comuns. Logo que acende, alcança sua capacidade total de clarear. Oferece a maior vida útil: aproximadamente 25 mil horas.
Como o LED não possui em sua composição metais pesados como chumbo e mercúrio, não há necessidade de um descarte especial como as lâmpadas fluorescentes.

Agora tire suas conclusões e faça o melhor para você e seus ambientes.

Mais: ilosa.terapias@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...